Nomes de diferentes posições políticas e ideológicas se uniram para defender a redução da violência em Itamaraju. Apresentaram pedido de urgentes providências para conter a escalada dos crimes, durante audiência com o Secretário de Segurança da Bahia, Maurício Barbosa, Delegado Geral da Polícia Civil, Bernardino Brito Filho, e o Comandante Geral da Polícia Militar da Bahia, Coronel Anselmo Brandão.

 

A comitiva itamarajuense seguiu para a capital baiana representada por Valmir Assunção (Deputado Federal), Tum e Tiago Correia, ambos deputados estaduais; Jorge Luiz (Loja Maçônica Deus Caridade e Justiça); Geraldo Seles (Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional de Itamaraju); Adriano Pinaffo (Presidente da Câmara Municipal de Itamaraju) e os colegas vereadores, Rubens do Hospital (MDB), Marcão da CUT (PT), Som de Nova Alegria (PT), além dos presidentes de partido, Ranieri Botelho (PT), Luiz Mário (PSD) e Leandro Dominicini (Dirigente Estadual do MST).

Com mais de 30 casos de crimes contra a vida nos últimos 150 dias, a cidade de Itamaraju está entre as mais violentas. Essa situação assustadora de insegurança está fazendo várias vítimas, sobretudo, casos de violência contra a mulher, feminicídios, assaltos, homicídios, latrocínios, dentre outros.

De concreto, o secretário estadual de segurança, se comprometeu com a reforma da estrutura física da Delegacia da Polícia Civil.

Já o delegado geral da Polícia Civil se comprometeu em aumentar o efetivo de investigadores e ceder mais uma viatura para o serviço de investigação, além de substituir o comando da polícia civil itamarajuense.

O comandante geral da Polícia Militar informou já ter encaminhado uma viatura para a 43ª CIPM e duas motocicletas, também estará à caminho, inclusive, mais uma viatura exclusiva para o patrulhamento ostensivo na zona rural, bem como, o envio de oito novos policiais militares para reforçar o efetivo.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com