A realização do programa “Tecendo Saberes Ambientais” em Prado (BA) é um acordo de cooperação, assinado entre a Prefeitura do Prado, Ecofuturo e Suzano. A iniciativa é destinada aos professores e alunos da rede pública de ensino e tem como objetivo estimular a reflexão sobre a importância das estratégias para a conservação, recuperação e melhoria do meio ambiente.

Após as fases iniciais do programa, que envolvem articulação com o poder público, diagnóstico participativo e mobilização da comunidade escolar, serão iniciados os encontros de formação, coordenados pelo Ecofuturo. O objetivo dessa etapa, que reunirá cerca de 120 educadores, é incentivá-los a criar contextos de aprendizagem que contemplem os elementos da natureza, estimulando o desenvolvimento de projetos educacionais de forma interdisciplinar, que contribuam para a conscientização sobre a importância do cuidado com o meio ambiente e o potencial educador da natureza.

Os encontros ocorrerão em diferentes locais do município, com formações em cinco módulos, que incluem palestras com conteúdo técnico e conceitos sobre Educação Ambiental e o desenvolvimento de projetos socioambientais, entre outras atividades. Ao final, as ações implementadas com os alunos serão reunidas em um dossiê e apresentadas durante um evento no fim do ano letivo.

“O programa permitirá que os educadores desenvolvam novas formas de trabalhar questões ambientais dentro e fora da sala de aula e que possam adaptar esse tema ao contexto do município, com o intuito de aproximá-lo à realidade dos alunos. Criar espaços de diálogo sobre conservação e sustentabilidade na comunidade escolar é fundamental para que os estudantes se tornem mais conscientes sobre a necessidade do cuidado com a natureza e a biodiversidade, e do estreitamento dos vínculos com ambientes naturais”, afirma Paulo Groke, diretor de Sustentabilidade do Ecofuturo.

Sobre o Instituto Ecofuturo

O Instituto Ecofuturo contribui para transformar a sociedade por meio da conservação ambiental e promoção de leitura, integrando livros, pessoas e natureza. Entre as principais iniciativas estão o projeto Biblioteca Comunitária Ecofuturo, com a implantação de mais de 100 bibliotecas no País, e a gestão do Parque das Neblinas, onde são desenvolvidas atividades de educação ambiental, pesquisa científica, ecoturismo, manejo e restauração florestal, e participação comunitária. Organização sem fins lucrativos, fundada em 1999 e mantida pela Suzano, o Instituto atua como articulador entre sociedade civil, poder público e o setor privado. Conheça mais sobre o Ecofuturo em www.ecofuturo.org.br, e acompanhe em www.facebook.com/InstitutoEcofuturo e www.youtube.com/institutoecofuturo.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário