Oito pessoas foram detidas, nesta sexta-feira (25), numa ação de policiais da CIPE/CAEMA, seguindo informações repassadas pela polícia mineira sobre a circulação de um veículo tomado de uma vítima de sequestro em Belo Horizonte/MG.

O veículo (Toyota/Corolla, cor preta, placa EUH-1690) ficou com os criminosos, mesmo após o pagamento do resgate e a libertação do proprietário.

Após várias buscas, o carro foi localizado na orla da cidade de Alcobaça. Quatro pessoas que estavam numa barraca de praia foram detidos. Um segundo veículo (Ford/Ecosport, cor prata, placa GZE-0942) também foi apreendido.

No local onde eles estavam hospedados, numa residência localizada na Bráulio Nascimento, na região central da cidade, estavam outras quatro pessoas. Ao todo foram presas oito pessoas: Ronald Jhonatas da Silva Pereira (28 anos, usando identidade falsa); Maxsuel de Jesus Santana (35 anos); Rosival de Jesus Santana (44 anos) e Rosângela Santana Santos (24 anos), todos de Minas Gerais; Lucas Jeferson Rodrigues dos Santos (20 anos), de Goiânia; Alice Santos de Almeida (22 anos); Silmaria das Virgens de Oliveira (30 anos) e Alessandra das Virgens de Oliveira, as três da cidade de Itamaraju.

Além dos veículos, o grupo estava com 08 artefatos de explosivos falsos; 02 dispositivos eletrônicos de explosão remota (com dois aparelhos celulares acoplados); 02 rádios transmissores; 01 giroflex luminoso portátil para veículos; 21 munições de calibre .9mm; 01 espingarda de calibre 12 de repetição; 03 aparelhos celulares, além de vários cartões bancários, chips de celulares e um terceiro veículo (HYUNDAI/HB 20, cor prata, placa OMQ-9800).

O grupo é o principal suspeito do sequestro do filho do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Itamaraju, Chico Giló, ocorrido na cidade do Prado, no último dia 08 de janeiro.

O grupo vai responder por crimes de formação de quadrilha; posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e de uso permitido; receptação qualificada; posse de artefato explosivo desautorizado e sequestro.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário