A Farinheira de São José de Alcobaça foi inaugurada no final do ano e passa a beneficiar cerca de 50 famílias, gerando uma produção, aproximada de 8 mil quilos de farinha por mês.

O evento de estreia contou com a presença da população, representantes da empresa, Benedito Trancoso (vereador do município), Carlos Eduardo Barbosa da Silva (Comandante da Polícia Militar da 88ª CIPM em Alcobaça) e representantes da Vigilância Sanitária do município de Alcobaça, que entregaram o selo e alvará de funcionamento no momento da inauguração.

O local será responsável pelo beneficiamento da mandioca produzida no programa de Agricultura Comunitária, iniciativa da Suzano Papel e Celulose, cujo objetivo principal é o de fortalecer a cadeia produtiva na região.

A área coletiva para plantio e cultivo de mandioca por meio do programa Agricultura Comunitária (apoio, assistência técnica e insumos necessários para produção) integra a atenção no trabalho das comunidades no entorno das áreas de manejo florestal.

O projeto é resultado do envolvimento da população de São José de Alcobaça no Conselho Comunitário, uma iniciativa apoiada pela Suzano, que aborda um modelo participativo de relacionamento entre as comunidades onde a empresa atua, tendo como principal objetivo transformar a realidade socioeconômica das comunidades locais.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário