Entre os dias 6 e 9 de setembro, o município de Prado, localizado a 672 quilômetros de Salvador, sediará o 5o Festival das Baleias. A iniciativa leva ações de Educação Ambiental, programação cultural e turismo de aventura totalmente gratuitos para a cidade e, nesta edição, inova com a criação do Espaço Kids, promoção do Festival Biergarten de Cerveja Artesanal e pintura do maior mural do Extremo Sul da Bahia, pelo artista visual Diogo Galvão.

Todos os anos, entre os meses de julho e novembro, as baleias jubarte migram das águas polares da Antártida para se reproduzirem nas águas mornas do nordeste brasileiro. Essas gigantes do mar podem medir até 16 metros de cumprimento e pesar até 40 toneladas. Elas percorrem mais de 25 mil quilômetros e, de acordo com o Instituto Baleia Jubarte, a expectativa é que cerca de 20 mil baleias passem pelo litoral baiano até o final da temporada, proporcionando um belíssimo espetáculo para baianos e turistas que visitarem Prado para observar mais de perto o comportamento desses mamíferos.

O 5o Festival das Baleias é uma realização da Rede Viva Mar Vivo – Redemar, produção da TM Entretenimento e Lírio Produções, patrocínio da Suzano, Mahalo Surf, Fase Sports, Toyota, Estado da Bahia, através da Bahiatursa e da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e conta com o apoio institucional da TV Santa Cruz e da Prefeitura Municipal de Prado, através das Secretarias de Turismo e de Educação.

Adão Negro – Foto Vinícius Moreira de Souza

Programação cultural – Entre as atrações culturais já confirmadas, está a apresentação da Marujada, a realização da Feira de Artesanato Local e shows de Cesinha, o Gordinho, Lucas de Fiori, Marcos e Brunno e da banda Adão Negro, que está completando 20 anos de carreira e acaba de lançar o Álbum “Adão Negro XX 20 Anos”, reunindo os maiores sucessos do grupo em um repertório que transmite mensagens positivas, de alegria e consciência crítica. Tudo a ver com a proposta do Festival das Baleias.

Educação Ambiental – A partir do tema, “Mangue: berçário dos oceanos”, o 3o Simpósio do Mar, promovido pelo Festival das Baleias, será realizado no Colégio Estadual Homero Pires e reunirá pesquisadores, estudantes e profissionais da área da pesca em torno dos debates sobre a importância e estratégias para preservar os manguezais, um dos ecossistema mais complexos, férteis e diversificados do planeta e que desempenha um importante papel como exportador de matéria orgânica para os rios e mares, contribuindo para a produtividade primária na zona costeira.

Entre os palestrantes já confirmados estão: Eduardo Fagundes Neto, do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira, que vai abordar as estratégia para o manejo dos recursos pesqueiros marinho e uso da estrutura PEIR (pressão, estado, impacto, resposta) como ferramenta no auxilio do gerenciamento costeiro; Marcos Polette da Escola do Mar, Ciência e Tecnologia (UNIVALI), que vai tratar do gerenciamento costeiro; o biólogo Alexande Lantelme Kirovsky, do Instituto Chico Mendes, que vai falar sobre Manguezais em Unidades de Conservação Federais – enfoque no estado da Bahia – expressão, desafios e caminhos; o biólogo Walter Nisa, presidente da Pró-Squalus, que vai proferir palestra sobre a Identificação de Áreas de Reprodução, Nascimento e Alimentação de Elasmobrânquios na costa do Brasil e dará a oficina “Biologia Marinha com Ênfase em Métodos Ecológicos e Conservação dos Elasmobrânquios no Brasil”; o biólogo Gabriel Leandro Gomes trará o tema Morfologia do Crânio de Toninha (golfinhos) como ferramenta de diferenciação entre populações: subsídios & propostas para conservação e, finalizando a programação acadêmica e científica, Mariana Bertelli, da ONU Meio Ambiente, vai proferir palestra sobre a campanha global Mares Limpos.

Observação das baleias – Foto Flávia Maciel

Turismo de Aventura – Pelo segundo ano consecutivo o Festival das Baleias realizará a Trilha jubarte Off Road de Sustentabilidade, reunindo jipeiros da Bahia e de alguns estados do Brasil, no sábado (08/09), para demonstrar as principais técnicas e desafios de quem curte esse esporte e desbravar paisagens exuberantes e pouco exploradas pelos turistas que visitam a Costa das Baleias.

Siga: @festivaldasbaleias e https://www.facebook.com/festivaldasbaleias/

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário