A ação criminosa aconteceu na noite desta terça-feira (1º), por volta das 20h.

Segundo contou à polícia, os bandidos teriam solicitado os serviços da Atlântica Guinchos (empresa que funciona na cidade do Prado) para atender à uma ocorrência no trecho de acesso ao Balneário de Cumuruxatiba, local onde supostamente estaria um veículo com problemas mecânicos.

O que seria um serviço, acabou se tornando uma experiência de horror. O motorista, segundo denunciou à polícia, chegou ao local e acabou rendido e obrigado à tomar um medicamento para dormir.

A ação só foi interrompida porque o caminhão-guincho apresentou um problema mecânico ao passar por um dos quebra-molas da comunidade da Pontinha, no município do prado, no trecho de acesso à cidade de Itamaraju.

Chateado com a situação, o bandido estacionou o caminhão perto de um campo de futebol e ateou fogo no veículo. Em choque e desorientado, o motorista do caminhão-guincho (refém na ação criminosa) conseguiu escapar com vida, antes do veículo ser consumido pelo fogo.

As autoridades policiais estão tentando localizar e prender o acusado desse crime.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário