O Ministério Público da Bahia (MP-BA) está investigando denúncias de fraudes na Câmara de Vereadores da cidade de Itamaraju, no sul da Bahia, segundo informações do órgão estadual nesta quinta-feira (10).

O MP-BA, não deu detalhes dos autores das denúncias, mas disse que investiga a falsificação de documentos bancários apresentados ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCA), recebimento de diária para viagem não realizada e emissão e desconto de cheque em nome próprio sem a devida justificativa e contabilização.

O G1 tentou, mas, até a publicação desta reportagem, não conseguiu contato com a Câmara de Vereadores de Itamaraju.

Segundo o promotor Tarcísio França, responsável pelo caso, a investigação está em fase de oitivas. A coleta de depoimentos estava prevista para ser concluída ainda nesta quinta-feira.

Ainda segundo o promotor, após a conclusão das oitivas serão avaliadas as provas colhidas e tomadas medidas cabíveis que, segundo previsão legal, pode ser: pedido de novas diligências, ajuizamento de Ação por Improbidade Administrativa, oferecimento de denúncia criminal ou arquivamento do caso.

Segundo informações de moradores de Itamaraju, o MP-BA fez buscas e apreensões na Câmara de Vereadores. Além disso, ouviu, ao menos, dois vereadores e funcionários da Câmara. Entretanto, o órgão estadual não detalhou as ações no município.

Por G1/Bahia

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário