Alcobaça vence Eunápolis e segue firme na 6ª Copa do Descobrimento

Equipe da Seleção de Alcobaça

O primeiro confronto na segunda fase da competição aconteceu neste domingo (13), no Estádio Municipal Francisco Assis Castro, em Alcobaça. As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo (20), no estádio Araujão, em Eunápolis.

Com a vitória por 2×1, a Seleção de Alcobaça tem a vantagem do empate para garantir uma vaga nas semifinais da 6ª Copa do Descobrimento. Para Eunápolis, só a vitória interessa.

Rondinelli Gomes (auxiliar 02), Alex Marques (árbitro reserva/de Alcobaça), Carlos (Capitão do Pequi), Gerry Bessa (central) Raone (Capitão de Alcobaça), Weltom Bispo (auxiliar 01)
-- Continua depois da publicidade --Suzano (dezembro-2017)

A partida teve o acompanhamento do Coordenador da Copa do Descobrimento, Luciano Santos Ferreira.

A arbitragem ficou por conta do trio de Gerry Bessa (central), Weltom Bispo (auxiliar 01), Rondinelli Gomes (auxiliar 02), Alex Marques (arbitro reserva/de Alcobaça).

Jogadores perfilados para a execução do Hino Nacional Brasileiro

A PARTIDA – As duas equipes mostraram muito equilíbrio no início do primeiro tempo. Jogando em casa, com o apoio da torcida, a Seleção de Alcobaça foi pra cima da adversária e, ainda no primeiro tempo, numa seqüência de cobranças de escanteios, aos 10 minutos, o zagueiro Xibiu fez um passe de cabeça para o meio campista Bruno balançar as redes.

A equipe poderia ter marcado mais gols, não fossem as várias oportunidades perdidas. O jogador Pescadinha parecia estar numa das suas melhores partidas, levando pânico à equipe adversária. William Negão também participou de muitos lances com grande chance de gol.>

Equipe do Pequi de Eunápolis

No segundo tempo, a equipe de Alcobaça manteve o ritmo, envolvendo os eunapolitanos em trocas de passes e valorizando a posse de bola. Num lance, iniciado a partir de um lançamento longo, o lateral esquerdo, Vivi, dominou e saiu fazendo um carnaval na defesa do Pequi/Eunápolis para, já dentro da pequena, chutar cruzado e fazer um golaço.

Em vantagem no placar, os alcobacenses começaram a administrar o resultado, oportunidade aproveitada pelos eunapolitanos, já nos acréscimos do tempo regulamentar. Aos 47 minutos do segundo tempo, numa falha coletiva do setor defensivo, a equipe do Pequi/Eunápolis marcou e diminuiu a diferença.

Quartetos de árbitros à frente das equipes adentrando ao gramado do Estádio Francisco Assis Castro

O GRUPO – Nas outras duas partidas do grupo, Baianão e Itagimirim não saíram do empate. Já a equipe de Itamaraju venceu Mucuri/Vitória VIP por 3×0 e joga com muita vantagem no próximo domingo, dentro de casa, no Estádio Barbozão.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário