Liberação de novos alvarás para mototaxistas é assunto na Câmara de Vereadores do Prado

Temendo o risco de aumentar o número de motos transportando passageiros na cidade do Prado, os mototaxistas procuraram os vereadores pradenses para tentar impedir a liberação de novos alvarás.

O assunto sobre os mototaxistas foi discutido durante a sessão realizada na manhã desta terça-feira (20), na Câmara Municipal de Vereadores.

Dr. Anderson Fisioterapeuta
-- Continua depois da publicidade --Embasa

O vereador Dr. Anderson Fisioterapeuta aproveitou para lembrar da necessidade do treinamento e aperfeiçoamento na prestação desse serviço. “Tem de exigir da categoria o regular exame de aptidão e o treinamento para atender a população, além de proibir o transporte de crianças ou outras irregularidades que possam ser cometidas por mototaxistas”, disse.

Professor José Hilton

O Professor Josenilton se manifestou contra a liberação de novos alvarás, mas aproveitou para criticar a venda de pontos. “Esse é o momento de resolver a questão de ter muito preposto, por isso, temos de regulamentar isso daí pra todos terem o mesmo direito, porque o alvará é uma concessão pública e não um bem pessoal pra pegar, vender e voltar querendo outro”, afirmou.

Jorginho do Guarani (Presidente da Câmara de Vereadores do Prado)

Para o Presidente da Câmara de Prado, Jorginho do Guarani, o assunto vem ser discutido em bom momento. “Essa era a oportunidade que faltava para resolver essa questão, porque sou contra a liberação de placa de táxi pra quem só quer comprar carro novo, com intenção de sonegar o imposto e tirar o emprego quem quer trabalhar”, afirmou.

A concessão é pública e liberada pelo poder executivo, nesse caso, a Prefeita Mayra Brito.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário