A abertura dos trabalhos legislativos aconteceu no final da tarde desta quarta-feira (21), com a presença de todos os vereadores; do Prefeito de Alcobaça, Léo Brito; dos professores da rede pública de ensino, representantes da APLB/Sindicato e moradores alcobacenses, dentre outros nomes.

A sessão foi solene inaugurando a legislatura de 2018, por conta disto, nenhuma matéria foi discutida ou votada.

A presença de prefeito e vereadores juntos foi o momento para professores da rede pública municipal de ensino reivindicarem o rateio do precatório do Fundeb. Em resposta às dúvidas dos profissionais do magistério, Léo Brito tentou tranquilizar a classe. “O precatório é uma luta travada para repor os valores deixados de ser destinados ao nosso município durante vários anos e esse deve ser um momento de tranquilidade para todos os alcobacenses, porque vamos discutir com todos (sociedade, profissionais, vereadores) para aplicar da melhor maneira esse recurso”, explicou.

O Presidente da Câmara de Vereadores de Alcobaça, Érico Miranda, disse que o depósito do dinheiro do precatório nas contas do município vem acompanhado da obrigação de cumprir e atender aos direitos previstos em lei. “Não será o prefeito, os vereadores ou os professores que vão dizer como esse dinheiro será gasto. A lei é federal e vamos construir o plano juntos, por isso, precisamos ter a tranquilidade, o discernimento e a sabedoria de usar esse dinheiro da melhor maneira, em prol de todos os alcobacenses”, esclareceu.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário