Max Almeida

A direção da unidade hospitalar de atendimento e internação aos pacientes de Alcobaça passa a ser ocupada por Fernanda Lima Rodrigues.

Desde 2015, o Hospital São Bernardo de Alcobaça estava sob a direção de Max Almeida. Dois anos e dez meses depois, o agora ex-diretor, fez um balanço de seu trabalho. “Encontramos a unidade com problemas de funcionamento e falta de equipamentos (sem autoclave, aparelho de raios-x precário, aparelhos básicos quebrados), sem alvará sanitário, com débitos a fornecedores, prestadores, folha de médicos e funcionários (estes ultrapassavam os R$ 300.000,00). Em março de 2015, quando chegamos, a unidade estava condenada ao fechamento”, destacou.

Recentemente a unidade passou por reforma no pronto-socorro, com abertura de porta de acesso de urgência, instalação dos equipamentos do atendimento de urgência com aquisição de equipamentos de urgência, inclusive respirador mecânico, construção de uma nova sala de raio-x, com aparelho novo e moderno, reforma da entrada e alas de acesso, informatização e aquisições de novos equipamentos de informática, central de monitoramento com câmeras, instalação de equipamentos do centro cirúrgico, reforma das enfermarias e banheiros, troca das portas e portais das áreas em uso da unidade. Investimentos que ultrapassam a ordem de cem mil reais na compra de equipamentos e materiais, capacitação e treinamentos.

Hospital São Bernardo de Alcobaça

Todo este cenário só foi possível graças a confiança da Cáritas diocesana de Caravelas e do Bispo Dom Carlos e as parcerias adquiridas e conquistadas com o apoio da Prefeitura de Alcobaça, Associação de Moradores de Alcobaça, Central do Dizimo Pró-Vida de Campinas, deputados estaduais e federais, empresários Alcobacenses, amigos de Teixeira de Freitas, Prado e Caravelas, Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, Fundo Estadual de Saúde da Bahia, dentre outros parceiros.

O ex-diretor acrescenta: “que está deixando a unidade com equilíbrio financeiro, melhor estrutura física, profissionais mais capacitados e preparados, com os pagamentos de salários e o décimo terceiro dos funcionários sanados, sem débitos atrasados com fornecedores, com dinheiro programado para a troca da instalação elétrica e pagamento de mão de obra, a aquisição de televisores de 40” polegadas para maior conforto aos pacientes internados em espera na recepção, dentre outras ações”, realça.

Agradece a todos os funcionários colaboradores e parceiros nesta caminhada e ressalta a importância de se fazer saúde com planejamento, gestão e honestidade.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário