Divulgada a programação da Festa de São Sebastião em Cumuruxatiba

A vila de pescadores é destino certo de turistas, visitantes e dos pradenses devotos de São Sebastião. Os festejos religiosos atraem milhares de pessoas todos os anos. A puxada do ‘Pau de Bastião’ é um dos maiores atrativos.

A festa é realizada pela Igreja Católica, festeiros religiosos e a Prefeitura Municipal do Prado, sob a organização da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Cultura.

Puxada do Mastro de São Sebastião
-- Continua depois da publicidade --Suzano (dezembro-2017)

O período do novenário na igreja se estende até o último dia 20, com missa solene a puxada do mastro de São Sebastião (‘Pau de Bastião’), carregado por centenas de pessoas pelas ruas e pela orla do vilarejo.

Os festejos reúnem os índios, pescadores, nativos, visitantes e turistas. A programação artística tem dois dias de evento (19 e 20) embaladas ao som de Law Lima, Cássio & Banda, Cesinha Show, Dodi Cigano e Chave de Cadeia.

“Pau de Bastião” é enterrado em frente a Igreja de Santo Antônio

FESTA DE SÃO SEBASTIÃO: A data é folclórica no vilarejo, que anualmente, explode em festa para comemorar o dia de São Sebastião, reconhecido como o santo protetor da humanidade contra a fome, peste e a guerra. Lembrado como importante oficial das tropas romanas na Europa do séc. III, torturado e condenado à morte pelo Imperador por espalhar sua fé e converter muitas pessoas para o cristianismo.

As festividades em Cumuruxatiba simbolizam a influência cristã européia, vivida no período de colonização do Brasil. Centenas de pessoas vêm de diversas cidades do país para participar dessa grande manifestação cultural, que tem como momento mais esperado, a puxada do Mastro de São Sebastião.

Subida no pau de cebo

Em meio à muita música e dança, é carregado o imponente mastro (mais de 12 metros de comprimento), conhecido como “Pau de Bastião”. Após percorrer a Avenida Principal, várias ruas do vilarejo e também a orla da praia, o mastro é enterrado, em frente à Igreja de Santo Antônio.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário