Policlínica Regional em Teixeira de Freitas realiza mais de mil atendimentos e 250 exames em um mês

Com mais de mil atendimentos e 250 exames de alta complexidade realizados no primeiro mês de funcionamento, a Policlínica Regional em Teixeira de Freitas, já atendeu pacientes dos 13 municípios consorciados.

As especialidades médicas que lideraram o número de consultas foram gastroenterologia, ortopedia, pneumologia e angiologia. De acordo com o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “a policlínica possibilita, simultaneamente, que o paciente tenha um atendimento especializado e acesso a exames de alta complexidade, bem como evita o deslocamento para os grandes centros urbanos em busca desses serviços”, afirma o secretário.

-- Continua depois da publicidade --Veracel

Para os médicos que estão interessados em atuar no extremo sul da Bahia, a diretora geral da policlínica, Lizandra Amim, informa que no mês de janeiro de 2018 será publicado um edital para a contratação de profissionais nas especialidades de cardiologia, neurologia, mastologia, otorrinolaringologia e oftalmologia.

Funcionamento da Policlínica Regional: As policlínicas são resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e os municípios formados pelos Consórcios Públicos de Saúde. Nelas não são atendidas urgências e emergências e nem qualquer tipo de demanda espontânea. O atendimento é feito por meio de um agendamento prévio, realizado pelas secretarias da Saúde dos municípios que fazem parte do Consórcio que administra a unidade.

Além de Teixeira de Freitas, participam do consórcio os municípios de Itanhém, Medeiros Neto, Vereda, Lajedão, Ibirapuã, Caravelas, Posto da Mata, Nova Viçosa, Mucuri, Prado, Alcobaça, Itamaraju e Jucuruçu. Sete micro-ônibus fazem a rota entre as prefeituras participantes, sendo os veículos equipados com ar-condicionado, televisão, poltronas reclináveis e acessibilidade para deficientes.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário