Polícia prende acusado de homicídios em Prado

A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira (09), numa ação com agentes da Polícia Civil, em cumprimento à mandado de prisão preventiva, expedido pelo juiz da comarca do Prado.

Durante a fase de investigação, foi feito o reconhecimento fotográfico do acusado, Matheus Ramos Gonçalves. Ele foi indicado como autor de pelo menos dois homicídios, ocorridos no ano de 2016, em Prado. Num deles, Cleiton dos Santos Muniz morreu depois de ter sido atingido por disparos de arma de fogo. Alane de Jesus da Hora, teria sido outra de suas vítimas. Ela foi executada após ter sido chamada por telefone até o local da execução. Ela era ex-namorada do acusado.

Segundo a polícia, Matheus Ramos Gonçalves, era sempre visto junto com o jovem conhecido como ‘Tiago 157’, tido como o terror do Prado, à quem a polícia apurava participação criminosa em diversos crimes, tendo contra ele cinco mandados de prisão e a investigação de seu envolvimento em, ao menos, 11 (onze) homicídios. ‘Tiago 157’ morreu numa ação de policiais da CAEMA para capturá-lo.

Por conta de interdição na carceragem da cadeia pública do Prado, Matheus Ramos Gonçalves foi encaminhado para a sede da 8ª Coorpin, em Teixeira de Freitas.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário