O adolescente, Jacks Wagner da Conceição Oliveira, aluno da Escola Santa Rita do povoado de Palmares, participou da 13ª OBMEP e foi classificado em 3º lugar, entre os mais de dezoito milhões de inscritos em todo o Brasil.

Desse número de participantes, 3600 alunos receberam a medalha de bronze, dentre eles,Jacks Wagner da Conceição Oliveira, filho do casal Elenice e Jacy, que residem no povoado de Palmares em Prado BA.

Muito timidamente Jacks recebeu das mãos do Professor Sólon Gomes de Sousa (coordenador da OBMEP regional BA05) o diploma de honra ao mérito e das mãos dos professores de matemática da Escola Santa Rita, Edimarson Peruba (2016 e 2017) e Ramsés Diamantino (2015), a medalha de bronze.

Muito emocionados, a diretora da escola, a Professora Lucélia da Silva Puttin; o vice-diretor Yuri Oliveira; a Secretária de Educação, Iralúcia Sincorá, renderam-se à esse momento de alegria e contentamento com gratidão à Deus, por proporcionar essa rica e feliz oportunidade de dividirmos essa benção de ter um adolescente, da zona rural, filho de Prado, oriundo de família simples, com poucos recursos financeiros, receber com mérito o seu prêmio de direito, por ter feito uma escolha na vida: estudar e não desistir.

A prefeita Mayra Brito recebeu a classificação do aluno Jacks Wagner, ainda em Brasília-DF, e não se conteve de tanta alegria, por isso nos solicitou que transmitíssemos a esse jovem os parabéns pelo aluno brilhante que é, aos seus pais Elenice e Jacy pelo incentivo e apoio que dão ao filho para estudar, a todos que compõe a equipe da Escola Santa Rita, professores, em especial os professores de matemática, a diretora, vice-diretor, em fim, a prefeita parabeniza e agradece por todo esforço e dedicação que dão a educação.

SOBRE OBMEP: A 13ª edição da OBMEP bateu novo recorde de escolas (53.231), de 99,6% dos municípios brasileiros. Dos 18,2 milhões de estudantes inscritos, 941 mil foram classificados para a segunda fase da competição – 903 mil de escolas públicas.

A OBMEP é destinada a estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, a OBMEP é realizada pelo IMPA e promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

A olimpíada integra o calendário de atividades do Biênio da Matemática do Brasil 2017-2018, que tem patrocínio do BNDES e apoio dos ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e da Educação. Criada em 2005 pelo IMPA, a OBMEP tem como metas estimular o estudo da Matemática, revelar talentos – incentivando seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas – e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento.

O impacto efetivo da OBMEP nos resultados de Matemática no país tem sido medido por estudos independentes. De acordo com trabalho do ex-presidente do INEP, Chico Soares, escolas que participam ativamente da competição apresentam melhora no desempenho dos alunos de 26 pontos na Prova Brasil, o equivalente a 1,5 ano de escolaridade extra.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário