Policial militar se suicida em Ilhéus

Carlos Geovanne tirou a própria vida

Soldado há três anos e de serviço na Polícia Militar da Bahia, Carlos Geovanne Castro Araújo, resolveu tirar a própria vida. Seu corpo foi encontrado na manhã desta terça-feira (31), em sua residência, localizada na 5ª travessa da Avenida Princesa Isabel, em Ilhéus.

Carlos Geovanne era soldado estava lotado na polícia militar de Ilhéus. Até o momento não se sabe o motivo pelo qual o policial tirou a própria vida. Segundo o blog do Fabio Roberto, o PM foi encontrado em decúbito dorsal, trajando short preto, com um revolver junto ao corpo na mão direita, com uma lesão próxima ao queixo. O Departamento de Polícia Técnica foi acionado para fazer o levantamento cadavérico e, posteriormente, os exames de necropsia.

-- Continua depois da publicidade --Veracel

Em seu perfil do facebook, Carlos deixou uma mensagem anunciando o suicídio:

“Aos que me amam me perdoem se minha atitude parece egoísta, mas é a única forma que eu tive de encontrar saída para os meus problemas. O que eu tenho a falar é que nunca julguem uma pessoa depressiva e/ou uma pessoa com tendências suicidas, pois, por mais mórbida que possa parecer nossas decisões, sabemos que a única forma de resolver (infelizmente) é assim… Eu não queria me matar, eu queria viver, mas tudo foi contrário à minha progressão em todas as áreas da minha vida e aqui fica o meu adeus àqueles que gostaram de mim genuinamente. Eu amo vocês e tenham certeza que qualquer lugar para onde eu for é melhor que esse inferno que eu vivo… Adeus”

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário