A tragédia aconteceu na noite desta sexta-feira (29), na Fazenda de Tonhão, localizada na região do Tombador, que fica às margens da BA-489.

No interior do imóvel, estava a mulher caída, com marcas de violência no pescoço, provocadas por uma arma branca (canivete). Segundo informações, o pescoço foi parcialmente decapitado, e os golpes atingiram a carótida. A mulher foi identificada como sendo,

Iara Matias dos Santos (30 anos) foi morta pelo próprio marido, Antônio Pereira (35 anos, conhecido como “Prego”). Para tirar a vida da mulher, ‘Prego’ usou um canivete e deferiu vários golpes até quase arrancar a cabeça fora do pescoço.

o corpo de Antônio Pereira (35 anos) foi encontrado suspenso, com o pescoço amarrado no telhado do curral. Após o crime, o vaqueiro pode ter se desesperado, ao ponto de tirar a própria vida.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário