Música, grafite, literatura e dança como instrumento de transformação e inclusão social. Essa é a filosofia do Grupo Cultural Verbalize, formado há cerca de três meses com jovens e adolescentes da rede pública de ensino do município do Prado.

Segundo Bhrenno Assunção (um dos integrantes do Verbalize), a proposta é estimular a cultura entre os jovens, ampliando as opções e iniciativas culturais de inclusão e identidade social, da formação em lingua portuguesa e música. Outra proposta ousada é o lançamento de um livro, reunindo as experiências e a igualdade

O Grupo Verbalize já é sucesso por onde passa. Premiado na participação do Sarau de Itamaraju, na modalidade de batalha freestyle e poesia. Convidado para participação do 3º Extremo Sul Battle (em Teixeira de Freitas).

Com esse trabalho, o resultado tem sido muito positivo. o Verbalize está ajudando a tirar meninos e meninas das ruas da cidade do Prado, através da abordagem de temas do dia-a-dia e próprios dos jovens, à exemplo, de sexo, gravidez na adolescência, primeiro emprego, sexualidade, formação acadêmica, drogas, doenças sexualmente transmissíveis e diversos outros assuntos. – BHRENNO ASSUNÇÃO

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com