Professor é demitido após resultado do Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) que apurava infração disciplinar de um professor da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Ele negou a acusação.

O docente atuava como assistente no Departamento de Ciências Humanas, no campus de Eunápolis, região sul da Bahia, com a disciplina de sociologia.

Alex Sandro Macedo Almeida foi demitido, conforme decisão publicada no Diário Oficial do Estado da Bahia, na edição desta quinta-feira, dia 22, por denúncia de assédio sexual contra alunas da universidade.

A decisão fundamentou a punição por infração disciplinar e prática de conduta proibida ao servidor público, referendada por recomendações da Procuradoria Jurídica e do reitor da instituição, José Bites de Carvalho.

Ao longo do PAD o professor foi afastado por dois meses, assim que as denúncias vieram à tona.

Uma aluna ouvida pela reportagem da TV Santa Cruz, à época, e que não quis se identificar, disse que o professor propôs fazer sexo com ela, por meio das redes sociais. “Ele veio falar comigo. Não lembro exatamente quais foram as palavras, mas era um convite, para poder fazer relações sexuais com ele. Falei assim: ‘Oxe, professor’. Ele falou: ‘Como assim, o que é que tem?’”, contou.

Outra aluna diz que se sentiu constrangida quando pegou carona com ele e o professor não parou de falar sobre sexo. “Em todo o percurso, o professor dizia palavras de conotação sexual, como: ‘Ah, você gosta de sexo? Você gosta de sexo como?’”, relata.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com