Fábio Júnior Rodrigues Lima e Humberto Carvalho Cortês, vice-prefeito e prefeito, respectivamente

A decisão é da juíza da 153ª Zona de Juízo Eleitoral, Thielly Dias de Alencar, ao sentenciar a chapa eleita em 2016 por crimes cometidos durante as eleições municipais.

O atual prefeito de Lajedão, Humberto Carvalho Cortês, e seu vice prefeito, Fábio Júnior Rodrigues Lima, tiveram os mandatos cassados e se tornaram inelegíveis pelos próximos 08 anos.

O crimes que eles cometeram, segundo o entendimento da justiça eleitoral, foi o de captação ilícita de sufrágio, a chamada compra de votos. Ainda cabe recurso dessa decisão.

Em seu despacho, a juíza julgou procedente os pedidos iniciais para declarar a inexibilidade de Humberto Carvalho Cortês e Fábio Júnior Rodrigues Lima, para as eleições que se realizarem nos 08 anos subsequentes a eleição de 2016 e para cassar os respectivos diplomas, resolvendo o mérito do processo, nos termos do art. 487, Inciso I, do Código de processo Civil […], veja abaixo decisão completa:

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário