Alcobaça na luta contra exploração sexual de crianças e adolescentes

0
Campanha da Semana contra exploração sexual de crianças e adolescente de Alcobaça

Professores, alunos e profissionais de várias áreas do serviço público do município de Alcobaça. Todos foram às ruas da cidade nesta quinta-feira, dia 18, para comemorar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Campanha nas ruas da cidade de Alcobaça

A ação conjunta das secretarias de Educação Assistência Social contou com o apoio da 88ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Alcobaça).

A Secretária Municipal de Ação Social, Ariane Forattini, a melhor maneira de combater este problema é com a prevenção, daí a necessidade do trabalho informativo junto aos pais, responsáveis e de toda a população. “Neste ano estamos com a campanha ‘Faça Bonito! Essa causa também é sua!’, cujo objetivo é esclarecer, divulgar, sensibilizar e informar a população sobre os riscos e as consequências da exploração sexual infanto-juvenil”, esclarece.

Equipe da Secretaria de Assistência Social de Alcobaça

Ainda de acordo com a secretária, ao longo de todo o mês serão realizadas palestras nas escolas, com a participação de psicólogos, assistentes sociais e membros do Conselho Tutelar. “As atividades vão ser realizadas no decorrer deste mês de maio e nossa meta é atingir o maior número de pessoas, buscando aumentar a consciência sobre o abusos sexuais na infância e na adolescência”, argumenta.

Alunos da rede pública de ensino de Alcobaça nas palestras sobre os riscos e consequências da exploração sexual infanto-juvenil

SAIBA MAIS – 18 de maio foi escolhido como dia de mobilização contra a violência sexual, pois em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Era esse o nome da menina de apenas oito anos de idade, raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. A partir de então, a data é símbolo de mobilização para sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário