O pedido de cassação do mandato do ex-presidente da Câmara de Itamaraju está entre os assuntos mais discutidos na cidade.

Francisco Carlos Barbosa Silva, conhecido como ‘Chico do Hotel (PP), é acusado de autorizar a emissão de cheque em favor de outro vereador e depois participado, junto com a equipe de contabilidade da Câmara, da tentativa de maquiar os extratos bancários, ocultando a movimentação do cheque, que não chegou a ser pago, devido à falta de saldo.

Até carros de som estão sendo utilizados para convocar a população para a sessão legislativa desta terça-feira (18).

Denúncias foram protocoladas no último dia 12/04 na Secretaria da Câmara, no Ministério Público e no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

A denúncia – com pedido de instauração de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) – partiu de integrantes de um grupo do Whatsapp, intitulado de ‘Fiscaliza Itamaraju’.

Contra o ex-presidente recaem acusações de estelionato, peculato, falsificação de documento público, corrupção ativa e passiva, improbidade administrativa e quebra de decoro parlamentar.

Nem o atual Presidente da Câmara de Itamaraju, Chico Giló, nem o vereador alvo da denúncia, Chico do Hotel, se pronunciaram sobre o assunto.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário