A decisão foi proferida nesta terça-feira (28). O juiz eleitoral da comarca do Prado, Dr. Leonardo Coelho, julgou o Processo N.º 499.33-2016.6.05.0112, cujo objeto era Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), ajuizada para apurar ato praticado na campanha de Gilvan Produções e Carlão da Saúde (candidatos à prefeito e vice-prefeito, respectivamente) no pleito eleitoral de 2016.

Imagem seria o registro da distribuição de combustível

Em seu julgamento, Dr. Leonardo Coelho reconheceu a existência de abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio, através da denúncia da distribuição de combustível, de bebidas e a realização de showmício com banda em cima de um minitrio, em atentado à legislação eleitoral.

Gilvan Produções e Carlão da Saúde foram condenados à perda dos direitos políticos por 08 anos, subsequentes ao pleito eleitoral. Veja abaixo o vídeo utilizado no processo como prova da denúncia.

MATÉRIA RELACIONADA

Chapa de Gilvan Produções e Carlão da Saúde é acusada de crime eleitoral

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário