As imagens são muito tristes. É difícil assisti ao drama vivido por essa criança chorando e não chorar junto. Desesperada, a menina conta para um policial o que aconteceu com sua mãe, esfaqueada no pescoço por um bandido durante uma tentativa de assalto.

Cristiana de Souza Andrade (46 anos) saiu com sua filha de sete anos para fazer compras num mercado. Na saída um bandido atacou a mãe e pediu o dinheiro. A mulher tentou dizer ao assaltante que estava sem nenhum dinheiro porque havia feito compras. Insatisfeito, bandido desferiu dois golpes de faca no pescoço da vítima.

Ainda ferida, o instinto de mãe a fez proteger a filha de atropelamento. Um taxista que passava pela Rua Haddock, no Estácio. De lá, uma longa viagem até o Hospital Souza Aguiar, no Centro, transportando no banco do passageiro uma mulher com uma faca encravada no pescoço e sua filha no banco de trás.

Na porta do hospital, o desespero da criança causou grande clamor, ainda assim o socorro de sua mãe demorou quase dez minutos, porque não havia maqueiro. Cristiana de Souza Andrade (46 anos) não resistiu aos ferimentos e à perda de sangue. Seu corpo foi enterrado na tarde de sexta-feira (15), no Cemitério do Caju.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário