Claudionor Viana Teles Veloso, mais conhecida como Dona Canô, morreu aos 105 anos, nesta terça-feira (25), em sua casa, localizada na cidade de Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano. A morte foi confirmada às 9h20 (10h20 no horário de Brasília). Dona Canô passou a noite de Natal em casa, com os filhos, entre eles Caetano Veloso e Maria Bethânia.

donacano

“Fica a lição de amor, de guerreira, uma mãe exemplar. Fica a saudade e a certeza que ela está em um lugar bom. Isso também nos dá um conforto. Bacana ter sido em um dia de Natal, isso é lindo”, disse o filho Rodrigo Veloso. Ainda segundo ele, na segunda-feira (24), os médicos avisaram que os batimentos cardíacos dela estavam fracos.

canomemorial

O velório aconteceu nesta terça-feira, em casa, com acesso apenas dos parentes. Depois disso, o corpo de Dona Canô foi levado para o Memorial Caetano Veloso, na Praça da Purificação, onde os moradores se despedem da matriarca. O sepultamento está marcado para 10h de quarta-feira (26), no cemitério de Santo Amaro. Antes, a família vai realizar uma missa de corpo presente na Matriz da Purificação.

O governador da Bahia, Jaques Wagner, informou por meio de nota que irá ao velório na noite desta terça-feira, em Santo Amaro. ”Em meu nome e de todos os baianos, presto solidariedade à família desta grande mulher, que representou o que a Bahia tem de melhor, um símbolo de força, doçura e coragem”, disse. Wagner marcou coletiva de imprensa sobre o assunto às 14h30 desta terça-feira, no Palácio de Ondina.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com