Neste domingo (03/10) os brasileiros foram às urnas e demonstraram o que pensam dos políticos brasileiros. Uns mostraram sua indignação ao tradicionalismo, à exemplo de São Paulo que apresenta “Tiririca” como deputado federal mais votado do Brasil, considerado por muitos um palhaço (ofício anterior, do humorista e agora deputado).

dilma_serra_segundo_turno 

Outros brasileiros mostraram que não é mais aceitável subestimar o voto do eleitor: e ai são vários os exemplos. O maior deles foi a força da candidata Marina Silva que se mostrou mais forte do que todas as pesquisas e muitas previsões, impossibilitando o projeto político do Presidente Lula de consagrar vitoriosa Dilma Rousseff, ainda no primeiro turno, como apontavam as pesquisas eleitorais. Em todo Brasil, inicia-se a campanha para a definição entre o nome de Serra ou Dilma para a Presidência da República.

wagner_entrevista_2

No cenário estadual, o trabalho do Governador Jaques Wagner o consagrou vitorioso, ainda no primeiro turno, com 4.101.270 votos (63,83%), seguido por Paulo Souto (1.033.600 – 16,09%) e Geddel Vieira Lima (1.000.038 – 15,56%).

Em Prado, o amarelo (conduzido pelo ex-prefeito “Wilsinho Brito”) e o vermelho (liderado pelo atual prefeito do município, “Jonga”) polarizaram a disputa interna pela conquista da confiança dos eleitores. O amarelo encabeçou a chapa dos deputados Mário Negromonte (deputado federal com 169.209 votos) e Mário Negromonte Júnior (deputado estadual com 113.398 votos). Já o grupo vermelho defendeu a chapa que trazia Alice Portugal (deputada federal com 101.588 votos) e Ronaldo Carletto (deputado estadual com 101.816). Tanto os candidatos do amarelo, quanto do vermelho encerraram as disputas como vitoriosos.

graf_deputado_estadual_bahia_2

graf_deputado_federal_bahia_2

A interpretação dos números, no entanto, despenca para a rivalidade municipal. Em Prado, o resultado final projeta uma grande disputa para as eleições municipais que devem trazer encabeçada, os nomes dos líderes dos maiores blocos políticos no município: “Jonga” versus “Wilsinho Brito”.

Após o término da votação, em Prado, a “chapa amarela” festejava Mário Negromonte (4.566 votos) e Mário Negromonte Júnior (4.155 votos), contra a “chapa vermelha” Alice Portugal (2509 votos) e Ronaldo Carletto (1596 votos).

Para analistas políticos o fiel da balança foi a grande fragmentação do grupo político de base que dá sustentação à administração do Prefeito “Jonga”. Veja na figura abaixo:

graf_deputado_estadual_prado_3graf_deputado_federal_prado_2

Nesta conjuntura política de coalisão municipal é muito importante a interpretação dos números, considerando a força política de cada grupo:
1) Mário da Cepral e Edinho Ramos com Marcelo Nilo (estadual) e Jutahy Magalhães (federal),
2) Vereador “Sessé” com Adriano Meirelles (estadual),
3) Vereador Robério e do vice-prefeito Irailton com Rui Costa (federal),
4) André Feitosa com Sandro Régis (estadual),
5) PT com Marcelino Galo (estadual) e Valmir Assunção (federal),
6) PCdoB com Kelly (estadual), Fabrício (estadual) e Álvaro (estadual), Daniel Almeida (federal) e Edson Pimenta (federal)

No cenário regional, não se pode esquecer a força política do Prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, que consagrou sua esposa, Cláudia Oliveira, como deputada estadual. Outro nome que conseguiu chegar à Assembléia Legislativa da Bahia foi Jânio Natal.


O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com