DSC06815_600x450_21.04.2010Diante das críticas dos vereadores de Prado direcionadas à saúde do município de Prado, na sessão que aconteceu na segunda-feira (19/04), estivemos com Antônio Carlos Magalhães Neto, o ‘Carlão’ (Secretário de Saúde do Município de Prado e Presidente da Fundação Estatal de Saúde do estado da Bahia) para que ele pudesse explicar aos pradenses o que está acontecendo com o segmento saúde no município. O secretário nos disse que ficou surpreso com a postura dos vereadores que atacaram a saúde, principalmente neste momento em que este segmento desponta entre os demais municípios do Extremo Sul com conquistas que marcarão a história da saúde. ‘Carlão’ citou inúmeras ações e trabalhos que apresentaram números muito acima da média municipal no estado da Bahia e da própria esfera federal.

Conquistas da Saúde de Prado
“Como resultado deste nosso trabalho de formiguinha, o município de Prado conta com uma saúde que evolui gradativamente. Veja o que já conseguimos para o município, em pouco mais de um ano: tornar a saúde plena (isso muda tudo na saúde do município), à exemplo, temos a vinda da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), do SAMU (Serviço Móvel de Urgência), da Policlínica, dos Núcleos de Apoio: Contra Violência, Contra a Violência Indígena, ao Programa de Saúde da Família, a construção de um Posto de Saúde em Guarani além de mantermos outros projetos já conquistados ao longo da história do município. Estas são apenas algumas das realizações que já confirmamos, em pouco mais de um ano para fazer parte do patrimônio dos pradenses.

Resposta aos vereadores
“Quanto as críticas da vereadora ‘Bebeti’ devo lembrá-la que fui eu quem conseguiu uma cirurgia para seu sobrinho, por conta da amizade que tenho no meio médico. E não apenas esta, foram várias que lutei para fazer com que ela conseguisse, em Ilhéus, Linhares e diversas outras cidades. Agora ela vem se queixar. De que? Devo lembrar que este tratamento dou aos demais vereadores e ao cidadão que nos procura com dificuldade”, desabafou.

“Outro ponto levantado pelos vereadores foi a questão da saúde de Prado se apresentar deficiente. Quero lembrar a eles e deixar claro para todos os munícipes de Prado que quando realizamos audiência pública, à cada 3 vezes no ano, nenhum dos vereadores estão presentes. Agora vem falar que a saúde está ruim. Eles precisam ter conhecimento de causa, para falarem qualquer coisa. Temos realmente um médico de férias, este é um direito constitucional que o assiste. Não podemos impedir que ele fique de férias e ainda temos que pagar seu salário, durante suas férias. O município por ser pequeno, não tem condições de contratar um profissional desta magnitude, por um curto período, já que custa aos cofres públicos cerca de R$ 12.000,00 (isso é quase o custo de um carro, outro projeto que temos para o povo pradense). Durante este tempo, procuramos ser habilidosos com o remanejamento de profissionais. A problemática com  falta de profissionais não existe em prado”, declarou.

“Quanto ao fato da falta de alguns medicamentos, isso aconteceu apenas pelo fato do respeito desta administração em tentar governar sem ferir os princípios legais. No início do ano, realizamos o processo licitatório para a compra de remédios. Ficou tudo certo, contudo a empresa que venceu o processo, de venda de medicamentos à Prefeitura de Prado, acabou desistindo. Tivemos que realizar outro processo de licitação, conforme manda a lei. Isso atrasou a compra de remédios. Por sorte, tudo já está resolvido e os remédios já estarão sendo disponibilizados ao povo. É muito bom falar do que os outros fazem. Se forem falar, se informem antes. É preciso parar com a politicagem, usando o povo. O povo deve ser respeitado e não deve ser utilizado como bucha de canhão para atingir os adversários. Esta administração respeita muito o povo. Estamos aberto à qualquer cidadão e vamos fazer muito pelo povo sofrido deste município. Nossa resposta daremos com ações e com resultados que melhorarão a cada dia a vida dos pradenses”, concluiu o Secretário de Saúde de Prado.


O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com