f4_600x400f2_600x400Com investimento de R$ 75,7 milhões, foi assinado pelo Governo do Estado o documento que autoriza o processo de licitação que dará início à segunda etapa do sistema de esgotamento sanitário do município de Teixeira de Freitas. O evento aconteceu nesta segunda-feira (25), na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Considerada uma das maiores ampliações do programa Água para Todos, a obra vai beneficiar 79.200 pessoas.

f1_600x400f3_600x400Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano, Afonso Florence, após o processo licitatório, a previsão é que a obra seja iniciada em três meses. Ele afirmou que a primeira etapa do sistema de abastecimento já começou, devendo ser concluída em dezembro deste ano.

A primeira etapa envolve a implantação de 12.497 metros de rede coletora, três estações elevatórias, uma estação de tratamento, 1.500 ligações intradomiciliares, 3.390 metros de linha de recalque (tubulação que liga a rede coletora às estações elevatórias e à estação de tratamento) e 1.525 metros de emissário final, num investimento de R$ 10,7 milhões. Somando a primeira etapa com a segunda, há um investimento de R$ 86,4 milhões na obra de Teixeira de Freitas.

“Esta implantação foi muito esperada pelos moradores do município. É uma obra que beneficiará a maior parte da população da nossa cidade”, disse o prefeito de Teixeira de Freitas, Aparecido Rodrigues.

O presidente da Embasa, Abelardo Oliveira, declarou que 95% do município será beneficiado com a implantação do sistema. A previsão é que a obra total seja concluída em 2012. Na segunda etapa, serão implantados 171.906 metros de rede coletora, 11 estações elevatórias, uma estação de tratamento, 18.438 ligações intradomiciliares, além de outros serviços complementares.

Melhor qualidade de vida
Para o governador Jaques Wagner, a obra de esgotamento sanitário diminui os gastos com a saúde pública, oferecendo à população melhor qualidade de vida. “Não podemos falar de saúde sem esgotamento. Este investimento ajuda a gestão municipal, que, com a obra concluída, terá menos problemas de saúde na cidade. A inexistência de saneamento é um elemento de propagação de diversas doenças. O esgotamento sanitário é uma área preventiva para a saúde pública”, destacou.
Com esta intervenção em Teixeira de Freitas, o governo estadual completa 90 obras de esgotamento sanitário na Bahia, por meio do programa Água para Todos. Os investimentos chegam a quase R$ 2 bilhões em serviços de ampliação e melhoria no sistema.


{play}/images/stories/audios/2010.01.26_obra_esgotamento_sanitario_teixeira.mp3{/play}


O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com