Idosa de 90 anos é amarrada durante assalto em Patos de Minas

Uma mulher de 90 anos foi amarrada e roubada...

Banda Yes anuncia morte do baterista Alan White, aos 72 anos de idade

A Yes anunciou em suas redes sociais que o...

Em jogo nervoso, Corinthians empata com o Always Ready e avança na Libertadores

Com um time reserva no primeiro tempo, o Corinthians...

Bolsonaro diz que vai se ‘inteirar com a PRF’ sobre morte de homem em viatura em Sergipe

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi questionado nesta quinta-feira,...

Cumuruxatiba

Publicado em:

COMPARTILHE ESSE ARTIGO:

Cumuruxatiba é Natureza Contagiante. Habitada por descendentes de índios Pataxós e famílias de pescadores, esta vila mantém ritmo de vida bastante tranqüilo.

Seus encantos e simplicidade, são cercados por coloridas falésias, rios de águas límpidas, mata Atlântica e belíssimas praias.

O melhor negócio do Mundo é investir em sua felicidade, em qualidade de vida.

Um sonho: lindas praias, pele bronzeada, tomar água de coco na rede, muitas emoções e o calor do sol amenizado por uma constante brisa.

Amor à primeira vista: diversão, integração, alegria, harmonia com a Natureza, paz, refúgios ecológicos e tranqüilidade.

Doravante, Cumurú passa a ser uma forma simpática de referencia a Cumuruxatiba.

Atualmente, a economia de Cumuruxatiba é baseada na pesca extrativista praticada nos rios e principalmente no mar, através da captura de peixes, lagostas, camarões e outras espécies marinhas; muito embora a vila também conte com estrutura turística que acolhe com razoável conforto aos visitantes que queiram viver a mesma sensação dos portugueses há cerca de 500 anos atrás.

Uma pequena vila de pescadores localizada no litoral sul da Bahia, a 70 Km ao sul de Porto Seguro (distância litorânea). Até há pouco tempo atrás, apenas uma pacata aldeia de pescadores. Hoje, descoberta por brasileiros e estrangeiros, Cumuruxatiba recebe de braços abertos todos os que queiram conhecer suas belas praias ecológicas, e de natureza exótica.

Um breve histórico
A 21 de Abril de 1500, a esquadra portuguesa comandada por Pedro Álvares Cabral encontra ervas marinhas, que indicam haver Terra nas proximidades.

A 22 de Abril avistam um Monte, e por ser Páscoa, foi chamado Monte Pascoal. Ao local alcançado chamam por Terra de Vera Cruz.

A 23 de Abril, o Capitão Nicolau Copérnico faz o 1º contato com os índios Pataxós, aqueles mesmos que deram à vila, o nome de Cumuxatiba, devido à grande diferença entre a maré baixa e a maré alta, atualmente conhecida por Cumuruxatiba.

Na década de 1960, para facilitar o embarque de areia monazítica nos navios, o CNEN (Conselho Nacional de Energia Nuclear), incorporou à paisagem local o Pier, cujas madeiras nobres avançam cerca de 1000 metros para o Oceano Atlântico.


.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

Artigo anteriorMucuri
Próximo artigoCorumbau

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Presidente da APRHOPE assume coordenação da Câmara de Turismo

Nesta terça-feira, 13, na sede da APRHOPE, em Prado, foi feita a transferência da documentação da Câmara de Turismo da Costa das Baleias (CTCB),...

Acompanhe final da Copa no Brisa do Jucuruçu

Um boa opção é acompanha a partida no Brisa do Jucuruçu, no Beco das Garrafas, em Prado. Assim como todo o Brasil estará ligado...

TVE grava imagens de Prado para o Bahia de Todos os Cantos

Os atrativos de Prado serão apresentados nas gravações da TVE Bahia, que grava imagens dos principais pontos turísticos do município, de quarta-feira, dia 26,...