Idosa de 90 anos é amarrada durante assalto em Patos de Minas

Uma mulher de 90 anos foi amarrada e roubada...

Banda Yes anuncia morte do baterista Alan White, aos 72 anos de idade

A Yes anunciou em suas redes sociais que o...

Em jogo nervoso, Corinthians empata com o Always Ready e avança na Libertadores

Com um time reserva no primeiro tempo, o Corinthians...

Bolsonaro diz que vai se ‘inteirar com a PRF’ sobre morte de homem em viatura em Sergipe

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi questionado nesta quinta-feira,...

Caravelas

Publicado em:

COMPARTILHE ESSE ARTIGO:

018_600x450 020_600x450

Ponta de Areia (berço histórico de Caravelas)

Mangue

A histórica cidadezinha baiana é a porta de entrada para o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. De seu cais, emoldurado por casarões em estilo art nouveau e decorados com azulejos portugueses, partem os barcos que levam ao arquipélago, considerado um dos melhores pontos do mundo para a prática do mergulho. E não é para menos: em suas águas cristalinas, onde a visibilidade chega a 20 metros de profundidade, escondem-se milhares de espécies marinhas, além de naufrágios e uma diversidade de corais só observadas na região. É o caso dos chamados chapeirões – formações que remetem aos cogumelos e unem-se pelo topo, criando verdadeiros labirintos.

A cerca de 70 quilômetros da costa, o arquipélago é formado por cinco ilhas. O desembarque é permitido em apenas uma – Siriba, onde os ninhos dos atobás são as surpresas.  A maioria dos passeios de barco que leva ao parque dura apenas um dia, porém, para a turma do mergulho de garrafa, a melhor opção é optar pelas embarcações que permitem pernoite. Assim, fica mais fácil praticar a atividade em diferentes pontos e ainda apreciar o céu de Abrolhos, normalmente apinhado de estrelas.   

Quem não é adepto do mergulho profundo também se diverte usando apenas máscara e snorkel. Nas piscinas naturais ao redor das ilhas é possível nadar em meio a tartarugas, budiões, peixes-frade e muitas outras espécies. E, como se já não bastassem as belezas debaixo d’água, o arquipélago é o cenário escolhido pelas baleias jubarte para procriar e alimentar os filhotes. De julho a dezembro, elas invadem a área e protagonizam um show de acrobacias, com direito a saltos e piruetas.

De volta à terra firme, circule pelas praias da cidade. As águas não são tão claras, mas a animação é garantida nas praias de Iemanjá e Grauçá, com bares e quiosques. Na Barra do Sul, o astral e a paisagem são diferentes – isolada e deserta, é contornada por coqueirais e mar esverdeado.

Uma linda cidade típicamente colonial onde as casinhas em estilo enchem as pequenas ruas de graça e história, Caravelas foi uma das primeiras localidades a serem documentadas no Brasil por Américo Vespúcio e o lugar onde foi trazido pela correnteza padre José de Anchieta em ocasião do seu naufrágio em Abrolhos.
Mas os seus fãs ilustres não pertencem apenas ao passado. Na antiga vila de pescadores que hoje forma o distrito Ponta de Areia, foi construída a estrada de ferro que liga Caravelas a Teófilo Otoni, tantas vezes cantada através das palavras de Milton Nascimento “…Ponta de Areia, ponto final, da Bahia-Minas, estrada natural…” As lindas praias ficam um pouco distante da cidade, mas são de fácil acesso e os passeios de barco pelos rios oferecem espetáculos inesquecíveis e diversas opções passando por pequenas ilhas de praias desertas, manguezais ecológicos ou canais que levam a outros rios.

A cidade mantém seu estilo colonial, com construções majestosas, belíssimos prédios e casas. A cidade apresenta uma boa infra-estrutura turística, conta com hotéis, pousadas, bares, restaurantes com deliciosos temperos tipicamente baianos, parques, espaços de lazer ao ar livre e muito mais. Em caravelas encontram-se as mais belas praias selvagens, com águas límpidas e cristalinas, areia fofa e branca, mar calmo propício para o mergulho e a pesca. É possível fazer deliciosos passeios de barco pelo Rio Caravelas.


{vsig}destinos_turisticos/costas_baleias/caravelas{/vsig}


.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

Artigo anteriorAbrolhos
Próximo artigoNova Viçosa

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Presidente da APRHOPE assume coordenação da Câmara de Turismo

Nesta terça-feira, 13, na sede da APRHOPE, em Prado, foi feita a transferência da documentação da Câmara de Turismo da Costa das Baleias (CTCB),...

Acompanhe final da Copa no Brisa do Jucuruçu

Um boa opção é acompanha a partida no Brisa do Jucuruçu, no Beco das Garrafas, em Prado. Assim como todo o Brasil estará ligado...

TVE grava imagens de Prado para o Bahia de Todos os Cantos

Os atrativos de Prado serão apresentados nas gravações da TVE Bahia, que grava imagens dos principais pontos turísticos do município, de quarta-feira, dia 26,...